Arquivo | Consumo Consciente RSS for this section

Saindo do Cheque Especial

Saindo do cheque especial

 

Cheque especial é um produto financeiro disponível nos bancos, com alto juros, hoje só perde para os juros cobrados no cartão de credito.

Juros do cheque especial realmente são exorbitantes podendo chegar a mais de 200% ao ano em algumas instituições financeiras.

Quando devemos utiliza-lo?

O cheque especial deve ser utilizado apenas em uma situação especial mesmo, de extrema urgência, como precisa comprar um remédio e está sem dinheiro, nesse caso utilize o cheque especial caso não tenha nenhuma outra opção, porém liquide esse valor o mais rápido possível.

Existe algumas instituições financeiras que permitem o uso de até 10 dias sem juros no cheque especial, em caso de emergência essa é uma boa estratégia.

O grande problema é que existem pessoas que consideram o valor limite do cheque especial como parte de seu orçamento, e fazem disso uma verdadeira bola de neve. Jamais cometa esse erro.

A saída para que esta no cheque especial e não tem condições de liquidar o valor, é solicitar um empréstimo pessoal com juros mais baratos ao banco e financiar em parcelas, onde essa parcela caiba dentro de seu orçamento.

O juros cobrado em empréstimo pessoal é bem mais vantajoso e as parcelas pagas passam a liquidar o juros e o saldo devedor, enquanto no cheque especial quando paga o juros debitado na conta além de ser muito alto, você liquida apenas o juros e não o saldo devedor.

Se você tiver condição de fazer um empréstimo consignado, pode ser a melhor opção para liquidar o cheque especial, o empréstimo consignado tem juros menores.

Outra opção é a portabilidade de sua conta, bancos como Caixa Federal, Banco do Brasil, Bancos estaduais e Cooperativas de crédito, tem normalmente as menores taxas de juros. Faça uma pesquisa e compare as taxas e faça a portabilidade de sua conta para a instituição que lhe ofereça as melhores condições com as menores taxas de juros e financiamento em empréstimo pessoal.

Negativado, caso seja esse o problema, você esteja negativado nos departamentos de proteção ao credito, a portabilidade não será possível. Nesse caso a melhor saída é fazer um acordo da dívida no próprio banco e assim que liberar do órgão de proteção ao credito, você pode solicitar a outro banco a portabilidade caso seja vantajoso a taxa de juros cobrada.

Importante durante o desafio de liquidar as parcelas, evite utilizar crédito novamente, reeduque-se, participe de treinamentos de educação financeira, leia livros de educação financeira, e tenha um controle rigoroso em seus gastos.

Sucesso

Roberto Navarro

CEO Instituto Coaching Financeiro.

controle

Anúncios

Black Friday saiba aproveitar essa oportunidade!

 

 

Bem interessante, estamos diante de uma das maiores campanhas de desconto em produtos e serviços do Planeta.

Nesse momento muita coisa acontece, existe crítica ao sistema, existe apoio ao sistema, de tudo um pouco como em qualquer área.

Existe sim no Brasil empresas se é que posso qualifica-las de empresas que se aproveitam para enganar o consumidor.

Existe sim também consumidores aproveitadores que querem denegrir algumas empresas, muitas vezes sem razão.

Eu pessoalmente apoio, gosto e participo do Black Friday, observo muito mais pontos positivos a pontos negativos no sistema.

Nos EUA, pai do projeto, na verdade não é uma queima de preços e sim uma incineração de preços eles derrubam mesmo muitos preços

Tornou-se uma campanha de uma proporção tão grande que consumidor e empresas já não vivem sem a mesma, e investem verdadeiras fortunas na campanha, existe um planejamento durante todo o ano por parte das empresas selecionando produtos com o objetivo de participar do Black Friday, e também existe um planejamento por parte do consumidor para adquirir aquilo que precisa durante o Black Friday.

As semanas que antecedem a campanha as vendas do comercio são muito fracas pois o consumidor americano está aguardando a sexta feira.

E no Brasil?

No Brasil ainda a grande maioria aguarda o Black Friday para ver o que tem em promoção e comprar, muitas vezes sem necessidade e sim por estar barato, isso é prejudicial a vida financeira.

O Black Friday no Brasil tem muito o que melhorar, por parte de empresas e consumidor. As empresas devem utilizar o modelo americano e se planejar durante o ano para a campanha, com seriedade, honestidade e estratégia de atendimento ao consumidor.

Já o consumidor deve se ater a seu planejamento, programar com antecedência seu consumo, coisas que iria comprar até 3 meses antes e aguardar e adiar para o Black Friday, como também é o momento de planejar as compras de Natal e programar as férias.

Existem promoção de tudo, companhia aérea para viagens de Janeiro a Maio, se você vai tirar férias pode aproveitar a promoção, planejar a data de suas férias de acordo com a promoção da Cia aérea.

Presentes de natal você pode antecipar a compra com planejamento e descontos que podem ser atraentes e muito mais, um bom planejamento vai ser fundamental sempre para você consumir aquilo que é importante para você e em condições especiais.

Temos de melhorar a campanha, nos programarmos cada vez mais, empresas e consumidor, para assim construirmos um momento importante para nossa economia, com sabedoria e inteligência onde todos ganhem, que não haja o consumismo por impulso e sim o consumo por necessidade e importância.

Fica a mensagem a todos empresas e consumidor, utilize sempre sua sabedoria, temos a oportunidade de juntos criarmos algo que será ano a ano mais valorizado e esperado.

Grande Sucesso

Roberto Navarro

1456577_553123424767751_1776555188_n

Será que você é um Shopaholic?

Será que você é um Shopaholic?

Normalmente vamos ao shopping quando precisamos de algo e vamos em busca desse item ao shopping

Shopaholic vai ao shopping para ver se tem algo para ele comprar e não se precisa, e incrível ele sempre encontra.

Shopaholic, é uma pessoa compulsiva por shopping, por consumo.

E você como esta seu habito de consumo, tem comprado apenas o que precisa e faz a diferença em sua vida ou simplesmente tem deixado a compulsão e o prazer tomar conta de seu consumo.

Se você é um shopaholic evite ir ao shopping com o cartão de credito.

Antes de comprar qualquer item avalie a real necessidade dele

Verifique o motivo pelo qual está adquirindo

O que esse bem vai trazer de positivo em sua vida

O que pode trazer de errado e qual o impacto em suas finanças

Tenha sempre um plano de investimentos e invista em primeiro lugar, somente consuma algo que não seja de necessidade, caso sobre dinheiro após investir parte de sua receita mensal.

Tenha sempre um planejamento para consumo caso seja necessário de curto, médio e longo prazo, e monte investimentos e estratégias especificas para cada um, criando “Potes Financeiros” para seu desejo.

Grande Sucesso

Roberto Navarro

559402_438959889519875_1247445872_n

Como reduzir seus gastos

Criar Riqueza e Prosperidade envolve muito mais que o simples economizar e investir, envolve a verdadeira descoberta em porque gasto o que gasto, qual diferença esse gasto faz em minha vida?

1003937_581117938617540_1965930973_n

  • Controle seus impulsos. É claro que ninguém deve viver sem os pequenos prazeres da vida. Entretanto, toda vez que você fizer uma compra, reflita se efetivamente você necessita daquela mercadoria ou serviço.
  • Um dos principais cortes em despesas que uma família pode fazer é nos gastos com juros. Segundo pesquisas, 25% da renda vai embora em juros.
  • Dedique tempo para verificar os excessos de gastos e os ralos por onde seu dinheiro está indo.
  • Não despreze os pequenos valores. Relacione todos os seus gastos e despesas de um mês, incluindo os pequenos gastos com estacionamento, cafezinho e doces.
  • Imponha limites a alguns gastos controláveis como vestuário, bares e restaurantes, por exemplo.

Verifique quanto você terá para investir para conquistar seus objetivos.

Garantir a tranqüilidade financeira é o sonho da maioria das pessoas. Afinal, quem não deseja ter independência financeira ou conquistar seus objetivos sem surpresas?

Você já deve saber que pequenos valores economizados hoje podem se transformar em uma grande reserva no futuro e fazer a diferença na conquista de seus objetivos. Isto é, de fato, uma realidade, pois sem conseguir renda adicional, a única forma de aumentar o potencial de seus investimentos será reduzindo ou cortando pequenos gastos.

Entretanto, saber como gastar o dinheiro não é uma tarefa fácil. Ser capaz de escolher o que é melhor agora, levando em conta o que é importante, exige bom senso e experiência. Você já parou para pensar no impacto que uma ou duas xícaras de café após o almoço representa no seu planejamento para aposentadoria? Imagine que você esteja investindo esta quantia mensal em seu Plano de Investimentos. Você acha que faria alguma diferença?

Gaste com o que faz a verdadeira diferença em sua vida, gaste seu dinheiro com coisas importantes que realmente vão fazer a diferença em sua vida, tenha uma vida significativa financeiramente.

Grande Sucesso

Roberto Navarro

Galaxy S4 deve ser lançado no dia 14 de março, dizem sites americanos

 

Smart TV com internet será lançada esta semana na Coreia do Sul

Por Juliana Américo Lourenço da Silva 

|9h40 | 20-02-2013//

 

// SÃO PAULO – O lançamento do Samsung Galaxy S4 pode acontecer no dia 14 de março. De acordo com o site The Verge, o mobile-review  Eldar Murtazin publicou em seu Twitter que haverá um grande anúncio no dia.

Apesar de não fazer menção à Samsung, o site SamMobile, conhecido por soltar informações sobre a empresa, confirma que o tweet  era de fato uma referência ao novo dispositivo móvel. Existe a possibilidade de o evento de lançamento ocorrer nos Estados Unidos e ser palco para a apresentação de outros produtos.

Espera-se que o dispositivo tenha tela de 5 polegadas com resolução Full HD, câmera traseira de 13 Megapixels e frontal de 2 Megapixels e sistema operacional Android 4.2.2 (Jelly Bean).

Produto deve ser lançado nos Estados Unidos (Kim Hong-Ji/Reuters)

Smart TV
A empresa sul-coreana também deve lançar, nesta semana, sua Smart TV, conectada à internet, com tela gigante. De acordo com o jornal francês, Le Matin, os novos modelos do aparelho chegam a ter 75 polegadas e permitem que o usuário acesse a internet e jogue jogos eletrônicos, além de oferecer aplicativos e reconhecer movimentos com a mão e comando de voz.

O espectador poderá perguntar “Quais são os jogos de futebol marcados para hoje?” ou “Passará filmes de ação este fim de semana?” e a TV exibirá as respostas. O aparelho estará a venda na Coreia do Sul a partir de sábado e o modelo de 55 polegadas será vendido por 6 milhões de won (cerca de R$ 10,9 mil de acordo com a cotação do Banco Central do Brasil do dia 18 de fevereiro de 2013).

Relacionamento com o Dinheiro

Nosso relacionamento com o “Dinheiro”, com inteligência conquistamos nossa riqueza e prosperidade, de nada adianta esforço sem inteligência, a riqueza é uma via de duas mãos, são elas trabalho e sabedoria, não funciona sozinha, tem de ser em conjunto, esforço sem sabedoria traz stress, esforço com sabedoria traz riqueza e prosperidade.
Roberto Navarro – Instituto de Coaching Financeiro.

 

winner takes it all

Planeja comprar iPad mini? Forbes dá 5 razões para você não fazer isso

Artigo da Forbes critica Apple apontando falhas no novo tablet

Por Heraldo Marqueti Soares 

|9h47 | 24-10-2012

A A A

SÃO PAULO – Lançado ontem na Califórnia pelo CEO da Apple, o iPad mini veio com uma proposta de tablet menor, de 7,9 polegadas, quase cabendo na palma da mão. A conceituada revista Forbes, no entanto, orientou seus leitores a se segurarem e não comprarem a nova sensação da Apple, listando cinco boas razões para isso.

1 – Resolução
O iPad mini possui uma resolução menor que a do Google Nexus 7, seu concorrente de 7 polegadas. São 1024 x 768 do tablet da Apple, contra 1280 x 700 da Google, ou seja, enquanto o iPad mini possui 163 pixels por polegada, o Nexus 7 tem 216, levando vantagem.

lançamento iPad mini Apple

2 – Preço
Novamente a Forbes diz que o Google Nexus 7 é vantajoso por custar aproximadamente US$ 250 nos EUA enquanto o iPad mini custará cerca de US$ 329, sendo ambos modelos de 16 GB de memória.

3 – Planejamento
A Forbes critica a Apple dizendo que a empresa não tem escrúpulos quando inova seus produtos a cada seis meses. “Para a metade de 2013 já devemos esperar o iPad mini 2 com um display melhor e um preço mais competitivo”.

4 – Chip A5
Segundo a Forbes, foi um erro utilizar no ipad mini o chip A5, um dual-core também usado no iPad 2 – duas gerações mais velhas – enquanto o iPad 3 vem com A5X quad-core, com gráficos melhores.

5 – Windows 8RT
“Tablets de 7 polegadas são perfeitos com Windows 8RT”, dizem os autores do artigo da Forbes, Jason Evangelho e Justin Germino, que ainda reclamam que esperavam mais da Apple, por ser uma empresa brilhante e revolucionária pelos iPads. Para eles, a Apple estará em desvantagem usando o iOS 6 em relação aos concorrentes que deverão utilizar o Windows 8, como a Amazon e o Google, além da Asus e a Dell, que tem projetos de novos tablets para o mercado, conforme informou o site da revista.

BM&FBovespa pede que Lojas americanas esclareça sobre pedido de falência

 

Varejista informou em nota que o TJRJ ainda não disponibilizou acesso ao processo e que todos os valores negociados com a Athenabanco estão pagos

Por Nara Faria 

|15h23 | 09-10-2012

A A A

 

São Paulo – A BM&F Bovespa pediu esclarecimentos à Lojas Americanas (LAME4) sobre um requerimento de falência veiculado na imprensa nesta terça-feira (9).

O pedido de falência foi requerido pela Athenabanco Fomento Mercantil e divulgado na seção de Falências Requeridas do jornal Valor Econômico. O requerimento foi enviado à  4ª Vara Empresarial da cidade do Rio de Janeiro.

A Lojas Americanas informou a respeito da notícia que o TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) ainda não disponibilizou acesso ao processo.

Lojas Americanas_Fachada

Ainda de acordo com a companhia, todos os valores negociados por fornecedores da companhia com a factoring Athenabanco, que a empresa tem conhecimento, estão pagos. “Além disso, não são significativos e não comprometem a saúde financeira da empresa”, completa a empresa em nota.

Redução das tarifas de serviços bancarios

Após BB, Caixa deve anunciar corte maior nas tarifas de serviços

TONI SCIARRETTA
DE SÃO PAULO

Pressionados pelo governo Dilma, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal vão reduzir os preços dos pacotes de serviços e de algumas das principais tarifas que estavam com valores em linha com os da concorrência.

O Banco do Brasil anunciou ontem o corte, e a Caixa deve confirmar a redução até o final desta semana.

Análise: Administradores dos bancos buscam nova forma de renda
Reforma tributária pode deixar cada brasileiro 10% mais rico, diz economista
Busca do consumidor por crédito cai 9% em setembro, aponta Serasa

A iniciativa promete ser a nova ofensiva dos bancos públicos na disputa com as instituições privadas após a diminuição das taxas de juros.

Esperado desde a semana passada, o corte nas tarifas do Banco do Brasil foi considerado tímido pelo mercado. A principal mexida foi o fim da cobrança pela abertura de novo cadastro, coisa que o Santander já fazia para ganhar novos clientes.

A maioria das tarifas consideradas básicas teve corte entre 20% e 24%, sendo que a maior redução foi de 38%, para emissão da segunda via de cartão de crédito.

Serviços como transferência por DOC ou TED tiveram redução de apenas 7,5% -de R$ 8,00 para R$ 7,40. A nova tabela vale a partir do dia 15.

“Optamos por reduzir as tarifas de maior impacto para o cliente. Não estamos fazendo nenhum corte maluco, mas ficamos com os preços mais baixos do mercado”, disse Alexandre Abreu, diretor de Varejo do BB.

“É muito pequeno esse corte de tarifas. Mas pegou mal a ingerência política no BB. A pergunta é: podem vir mais coisas pela frente?”, disse João Augusto Salles, analista da Lopes Filho.

Segundo Abreu, a iniciativa do BB deve rebater as críticas daqueles que diziam que o banco reduziu os juros, mas que elevou as tarifas para compensar. “Esse discurso não pega mais”, disse.

Liberado iPhone 5 no Brasil

Anatel libera venda do iPhone 5 no mercado brasileiro

PUBLICIDADE

DE SÃO PAULO

O iPhone 5 ainda não tem data oficial para chegar às lojas brasileiras, mas a Anatel aprovou na semana passada a comercialização do aparelho da Apple no país.

A certificação foi feita no dia 1º dia de outubro (segunda-feira) e autoriza que o aparelho seja vendido no país.

Segundo os documentos da agência reguladora, o smartphone será produzido em uma unidade da Foxconn em Jundiaí (SP) e em uma fábrica chinesa.

Nem a Apple nem as operadoras de telefonia confirmam a data do início das vendas no Brasil. Na época do lançamento mundial, em 12 de setembro, a expectativa era a de que isso só ocorresse em dezembro.

Se a Apple decidir vendê-lo pelo mesmo preço do 4S –repetindo o que vai fazer no mercado dos EUA–, o celular deverá custar a partir de R$ 1.999.

O aparelho começou a ser vendido no mercado americano e de outros países no dia 21 de setembro e, em apenas três dias, chegou a cinco milhões de unidades comercializadas, segundo a Apple.

Desde o lançamento oficial do iPhone 5, as ações da companhia americana caíram 3,4%.

Ainda assim ela permanece como a maior do mundo em valor de mercado. avaliada em US$ 598,2 bilhões –mais que o PIB no ano passado da Suíça (US$ 527,9 bilhões), a 19ª maior economia do mundo.

A segunda colocada é a também americana ExxonMobil (do setor de petróleo), com US$ 427,8 bilhões.